Premium

Misericórdia quer praça de alimentação no Lima 5

Misericórdia quer praça de alimentação no Lima 5

Lojas vazias, portas trancadas e correspondência acumulada dentro das instalações. Com o encerramento da confeitaria Lima 5, no cruzamento das ruas da Constituição com a da Alegria, no Porto, o complexo composto por seis lojas ficou ao abandono.

Quem por lá passa lamenta o cenário e recorda os tempos áureos do negócio, onde o comércio era sinónimo de azáfama. "Estava sempre cheio, com pessoas a tomar café ou a comer no restaurante. Agora está tudo parado", lembrou Telmo Godinho, morador naquela zona.

Criado nos anos 70, o imóvel é propriedade da Santa Casa da Misericórdia do Porto (SCMP), que pretende ali criar uma praça de alimentação. É um dos quatros projetos que a instituição pretende desenvolver na Rua da Constituição, reabilitando património atualmente ao abandono.