Porto

Notáveis do Porto na despedida ao "seu" bispo

Notáveis do Porto na despedida ao "seu" bispo

Se ainda houvesse dúvidas de que D. Manuel Clemente é uma personalidade consensual no Porto, um breve olhar para a plateia que, ontem à tarde, lhe prestou uma última homenagem e o carregou de palmas e sinceros elogios, bastaria para as dissipar.

É que notáveis de todas áreas estiveram na cerimónia organizada pela Misericórdia do Porto, no Palácio da Bolsa, deixando o "seu"bispo muito emocionado. Da educação, Marques dos Santos, reitor da Universidade do Porto. Da cultura, Luís Braga da Cruz, da Fundação de Serralves. Da economia, Belmiro de Azevedo, da Sonae. Do desporto, António Oliveira, ex-selecionador nacional. E, claro, protagonistas políticos.

Em pré-campanha autárquica, três dos seis candidatos ao Porto marcaram presença. O independente Rui Moreira, na qualidade de presidente da Associação Comercial do Porto. O independente Nuno Cardoso e Manuel Pizarro, do PS, também estiveram lá. O trio cumprimentou-se cordialmente. Mas Nuno Cardoso e Manuel Pizarro ficaram na plateia, enquanto o anfitrião Rui Moreira confraternizava na biblioteca com Rui Rio, D. Manuel Clemente e outros oradores convidados.

Luís Filipe Menezes foi uma ausência esperada, pois o candidato do PSD já tinha sido recebido por D. Manuel Clemente no dia anterior para se despedir. Porém, José Pedro Aguiar Branco, ministro da Defesa e número um de Menezes para a Assembleia Municipal, sentava-se na primeira fila. Ao seu lado, Marco António Costa, secretário de Estado da Segurança Social.

Todavia, e sem contar com a presença física dos candidatos, a política autárquica ficou fora de portas, como o novo cardeal patriarca de Lisboa fez questão de frisar. "Não tenho preferência nenhuma [por um candidato]. A cidade é que irá escolher e certamente irá escolher bem".

Mas a política não foi totalmente esquecida e uma maior proximidade ao poder central não irá mudar o papel interventivo de D. Manuel Clemente. "Tanto este como o anterior Governo já vinham falar comigo aqui, de vez em quando. Esse diálogo vai continuar. Se não se lembrarem, lembro-me eu."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG