Exclusivo

Novas portagens na A28 e na A3 para retirar dois mil camiões por dia da VCI

Novas portagens na A28 e na A3 para retirar dois mil camiões por dia da VCI

Com um reforço de sinalização, painéis informativos, cinco novos radares, novos acessos e alterações nas portagens do Grande Porto, estima-se que, por dia, pelo menos dois mil camiões deixem de circular na Via de Cintura Interna (VCI).

O estudo realizado em conjunto pelos Municípios do Porto, de Matosinhos e da Maia e pela Infraestruturas de Portugal (IP) concluiu que a retirada de duas portagens da A4 (com taxas de 0,20 euros e 0,25 euros) entre a A3 e a A28 é a solução que mais impacto terá no descongestionamento de trânsito na VCI, já que o referido troço só não é utilizado para atravessamento, precisamente, para evitar os pórticos. As mudanças devem estar no terreno até 2026, incluindo a reconfiguração de vários nós.

Neste novo cenário, a expectativa é que, principalmente os pesados de mercadorias com destino ao Porto de Leixões ou ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro escolham seguir pela A4 ao invés da VCI, explica Manuel Paulo Teixeira, diretor do Departamento de Mobilidade da Câmara do Porto. Isto para as ligações nascente-poente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG