"Porto."

Novo cartão para munícipes do Porto com descontos de 50% em espetáculos e piscinas

Novo cartão para munícipes do Porto com descontos de 50% em espetáculos e piscinas

A Câmara do Porto vai lançar a 5 de abril um cartão destinado aos munícipes que oferece descontos de 50% nos espetáculos do Teatro Municipal do Porto, piscinas municipais e permite o acesso gratuito ao Funicular dos Guindais.

O cartão, intitulado "Porto.", foi apresentado esta segunda-feira na reunião do executivo e, segundo o vice-presidente da autarquia, Filipe Araújo, pretende "unir a cidade" e "facilitar a interação" entre o município e aqueles que vivem no Porto.

Para aceder ao cartão, que fica disponível no dia 5 de abril, os munícipes têm de preencher um formulário através da página da internet www.cartao.porto.pt.

Através desta iniciativa, os moradores do Porto passam a ter um desconto de 50% no Teatro Rivoli, no Teatro do Campo Alegre, em todas as atividades organizadas pelos serviços culturais, bem como a entrada gratuita em todas as estações do Museu da Cidade.

O cartão oferece um desconto de 50% nas piscinas municipais e o acesso às instalações e prática de modalidade.

Entre outros descontos, o cartão permite a utilização gratuita do elevador do Funicular dos Guindas e oferece 50% no aparcamento de bicicletas no Parque da Cidade.

Os munícipes terão também acesso prioritário aos créditos de inscrição em atividades, workshops e oficinas dos serviços de educação ambiental.

PUB

A partir de junho, o cartão será também um "Andante 13.18", sendo necessária a ativação na mesma página da internet.

Além de descontos, o cartão permite aos munícipes saber, através de um sistema de avisos enviados por mensagem para o telemóvel, se há alterações de trânsito, cortes de via, condicionamentos de estacionamento ou avisos meteorológicos.

Na sessão do executivo, o presidente da Câmara do Porto, o independente Rui Moreira, salientou que esta iniciativa é "uma discriminação positiva a favor dos munícipes do Porto"

"Tivemos a possibilidade de criar uma discriminação positiva, permitindo que os munícipes do Porto tenham uma vantagem competitiva relativamente a quem visita a cidade", salientou.

A vereadora Ilda Figueiredo, da CDU, afirmou que este é um "passo importante" para a autarquia "dar benefícios a quem é do Porto", incentivando-os a participar nas diferentes atividades e equipamentos da cidade.

Também o socialista Manuel Pizarro afirmou que a iniciativa é "uma ótima proposta".

Já o social-democrata Álvaro Almeida defendeu que esta iniciativa deve ser "da Câmara e das empresas municipais" e "não envolver" outras entidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG