O Jogo ao Vivo

Acordo

Paz social na Metro do Porto até 2025

Paz social na Metro do Porto até 2025

A ​​​​​​​ViaPorto, subconcessionária da Metro do Porto, e o Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro formalizaram um acordo de regulação das condições laborais até 2025, final da subconcessão. Até lá, haverá paz social, segundo o protocolo.

Promovido e acompanhado pela Metro do Porto, o entendimento entre a ViaPorto e o SMAQ (Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses) garante a paz social, o foco nos clientes e a abertura das novas linhas ao longo dos próximos quatro anos.

A administração da Metro, face às dificuldades que se verificaram entre os trabalhadores representados pela SMAQ e a subconcessionária ViaPorto (de referir os momentos de greve e o impacto junto dos clientes) tomou a decisão de propor a ambos o estabelecimento de um período de negociação, na qual a empresa participou como mediadora.

PUB

O período foi finalizado com a assinatura de um pacto que garante exigências de estabilidade, como a segurança das condições de trabalho dos maquinistas ao serviço do sistema da Metro do Porto até ao final da vigência da atual subconcessão e a paz prolongada, permitindo a concentração de esforços e de energias nas prioridades da Metro do Porto, como a qualidade do serviço ao cliente, a retoma da procura e a preparação da abertura da nova Linha Rosa e da extensão da Linha Amarela, no final de 2023.

O acordo vigora até ao final da subconcessão atual e Tiago Braga, presidente do Conselho de Administração da Metro do Porto, sublinha a importância do acordo "num momento em que a estabilidade e a exigência são fundamentais, sobretudo face aos desafios em termos de crescimento da rede em operação e do volume da procura que temos pela frente", salientando, ainda, o grande sentido de responsabilidade manifestado pelos representantes do SMAQ e da subconcessionária.

Espera-se que os acordos lançados permitam um clima de paz social na empresa, constituindo-se como um significativo contributo para a estabilidade do serviço prestado pelo ViaPorto na operação do Sistema de Metro Ligeiro da Área Metropolitana do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG