O Jogo ao Vivo

Exposição

Peças com 62 anos contam história do Hospital de S. João

Peças com 62 anos contam história do Hospital de S. João

Espaço que integra Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos (SRNOF) foi aberto ao público esta quinta-feira e a entrada é gratuita.

Cerca de 20 peças guardadas há 62 anos no baú do Hospital de S. João, no Porto estão em exposição. Foram utilizadas pelos serviços farmacêuticos daquela unidade hospitalar, em 1959, para dissolução de comprimidos, criação de injetáveis e pomadas de lavar e selar ampolas

A mostra, na Rua Cantor Zeca Afonso, no Porto, distribuída em dois andares, revela objetos muito diferentes das infraestruturas a que estamos habituados.

Máquinas como as de fechar frascos e de produzir supositórios podem também ser vistas. Uns partidos, outros enferrujados e quase todos inutilizáveis, os objetos históricos foram recuperados dos antepassados do hospital.

A comemorar mais de meio século, o S. João organizou a exposição de forma a levar os visitantes a viajar no tempo.

Fernando Araújo, presidente do Conselho de Administração do Hospital de S. João, que mediou a visita às instalações ao lado de Franklim Marques, presidente da Secção Regional Norte da Ordem dos Farmacêuticos, mostrou o orgulho que sentiu quando viu a exposição finalizada e pronta a ser revelada. "Durante largas dezenas de anos servimos os utentes do S. João e este foi o melhor local que poderíamos ter encontrado para mostrar, a quem vem visitar, o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido", afirmou.

Questionado sobre a importância de preservar o património dos objetos, Franklim Marques, também ele candidato a bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, relembrou que as peças são "o exemplo vivo" e o "testemunho da dedicação" que os profissionais de saúde têm vindo a desempenhar até aos dias de hoje. Reforça, ainda, que são eles "os responsáveis pela contribuição máxima para a saúde em Portugal".

PUB

O Núcleo Museológico da Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos (SRNOF) já está de portas abertas ao público. A entrada é gratuita e o espaço está aberto a todos, com marcação prévia obrigatória.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG