Porto

Pedido de casamento: Amor de Humberto e Marisa andou pelo ar na Ribeira

Pedido de casamento: Amor de Humberto e Marisa andou pelo ar na Ribeira

Pedido de casamento foi feito do tabuleiro superior da Ponte Luís I.

Humberto Gonçalves, de 32 anos, soube desde o primeiro momento que Marisa Lopes, de 29, era a pessoa com quem ia casar.

O pedido, planeado há mais de um mês, foi escrito numa faixa e pendurado por um grupo de amigos do casal de Fafe no gradeamento do tabuleiro superior da Ponte Luís I, entre o Porto e Gaia, enquanto Marisa sobrevoava o rio Douro de helicóptero com o namorado de há nove meses. A resposta foi um sorridente "sim".

"Espero que agora seja para morrermos os dois juntos, velhinhos", confessou Humberto, emocionado, enquanto olhava para a futura mulher.

A ideia do noivo era fazer um pedido de casamento fora do país, em Veneza. "Mas ela não gosta muito de viajar e não tem muito tempo, portanto pensei que podia ser com uma viagem de helicóptero", explicou Humberto, que ofereceu a viagem à namorada como prenda de Natal.

"Tem tudo para dar certo", assegurou Rogério Sousa, de 33 anos, amigo do casal. O local do pedido, explicou Elsa Teixeira, tem um significado especial: foi na Ponte Luís I que o casal tirou a primeira fotografia.

PUB

Quando Marisa se apercebeu de que o presente de Natal do namorado foi uma forma de darem início a uma nova vida a dois, ficou sem palavras.

"Não estava à espera. Já tinha dito muitas vezes que gostava de casar e ele realizou o meu sonho. Agora, espero realizar o resto", confidenciou a noiva.

A relação que conta com nove meses pode parecer demasiado curta para muitos, mas para Marisa "não são os anos que definem o amor".

O anel estava guardado desde outubro, altura em que, enquanto o casal passeava, Marisa o viu numa montra e disse ao namorado que gostava. "Fui lá e comprei-o", ri Humberto Gonçalves.

A data do casamento fica por decidir. Para já, o casal vai viver os próximos dias a comemorar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG