Porto

Pizarro crítica falta de sensibilidade de Rui Rio para Cultura

Pizarro crítica falta de sensibilidade de Rui Rio para Cultura

Manuel Pizarro, candidato do PS à Câmara do Porto, apelou, este sábado, a um entendimento entre a autarquia e a APEL que permita a realização da Feira do Livro.

O socialista, na companhia do vereador do PS Correia Fernandes, esteve com os jornalistas num café na avenida dos Aliados, espaço onde há quatro anos se realiza a feira, para lançar "um apelo dirigido simultaneamente à Câmara Municipal do Porto e à Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL)" para que cheguem a um entendimento que permita a realização da feira.

O candidato lembrou que esta "é uma iniciativa que se realiza há mais de meio século, que contribui muito para a animação da cidade, para a dinamização de hábitos de leitura e de hábitos culturais entre os cidadãos, porque é uma altura em que as pessoas, mesmo apesar das limitações cada vez maiores ao consumo nas famílias, ainda reservam alguns recursos para fazer algumas aquisições em matéria literária".

Manuel Pizarro entende, por isso, "que não pode ser por 75 mil euros de conflito que não se realiza a feira" e declarou a disponibilidade do PS para "viabilizar as soluções de entendimento" que permitam sua realização.

Caso a feira não se realizasse "seria uma gravíssima perda para a cidade", reforçou Manuel Pizarro que quis também fazer do momento uma evocação dos 90 anos do nascimento do poeta Eugénio de Andrade, nascido a 19 de janeiro de 1923.

"Quero chamar a atenção para ausência total dos poderes públicos e autárquicos em relação à celebração de um aniversário" disse o socialista, sublinhando que este "é um sinal de abandono dos valores culturais do Porto e de falta de perceção sobre a importância do setor cultural na cidade"

Numa crítica ao atual executivo liderado por Rui Rio, Pizarro afirmou não poder deixar "de lamentar a falta de sensibilidade" que fez passasse em branco com "uma data importante" para celebrar Eugénio de Andrade.

"O senhor presidente da Câmara anunciou recentemente que vai apresentar um plano municipal para a Cultura, de que nós não sabemos nada porque ainda não foi discutido na vereação, mas sabemos que não inclui o aniversário de Eugénio de Andrade porque infelizmente já não vai a atempo", ironizou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG