Exclusivo

Plano para o estuário do Douro na gaveta há 12 anos

Plano para o estuário do Douro na gaveta há 12 anos

Processo começou em 2009, mas documento entregue por professores já está desatualizado. Agência do Ambiente diz que tem de ser reaberto. Margens estão descaracterizadas.

Ficou guardado na gaveta desde 2009 e não deverá sair de lá. À data, e a pedido do Governo, começaram a ser elaboradas as linhas orientadoras para a elaboração e implementação do Plano de Ordenamento do Estuário do Rio Douro. Entregue meio ano depois, o trabalho feito por professores e especialistas do Porto "perdeu oportunidade", afirma a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), responsável pela implementação do plano.

Agora, será necessário "rever e atualizar" o trabalho já feito e "dar início a um novo processo". Até porque, acrescenta aquela entidade, "os estuários passaram a ser objeto da elaboração de programas especiais", que têm uma "natureza um pouco diferente". A jurisdição do estuário é partilhada entre a APA, a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo e a Capitania do Porto do Douro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG