Autarquia

Porto vota proposta de diversões de 21 de maio a 30 de junho

Porto vota proposta de diversões de 21 de maio a 30 de junho

A Câmara do Porto vai votar a proposta de protocolo apresentada por três associações representativas do setor das diversões itinerantes e similares. De 21 de maio de 30 de junho, a Alameda das Fontainhas, o Jardim do Calém, em Lordelo do Ouro, e a Praça Mouzinho de Albuquerque, na Boavista, poderão receber atividades de diversão e venda ambulante.

A proposta, apresentada pela Associação dos Profissionais Itinerantes Certificados (APIC), a Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED) e a Associação Movimento Empresarial dos Itinerantes de Empresas de Diversões e Similares (MEID), propõe que os três espaços sejam utilizados para equipamentos de diversão e similares "como alternativa às Festas de São João 2021".

O Executivo vai decidir se aprova ou não esta iniciativa na próxima segunda-feira dia 3 de maio, propondo-se a apoiar a obtenção das licenças municipais necessárias à realização do projeto no valor máximo de 155 mil euros, bem como através da infraestruturação elétrica associada até 30 mil euros.

"A Câmara do Porto, sensível à situação que o setor atravessa e considerando a importância desta iniciativa na recuperação e retoma deste setor, considera importante apoiar este projeto, isentando do pagamento das habituais taxas e licenciamentos", pode ler-se na proposta.

A par disto, e como a iniciativa terá de respeitar a "utilização de equipamentos de proteção individual e regras de higienização dos espaços, de acordo com os prazos e as indicações definidas pela Direção-Geral de Saúde", a Câmara do Porto propõe apoiar as atividades através da colocação de equipas da Polícia Municipal em cada um dos três espaços "nos horários em que os mesmos estejam abertos ao público".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG