Circulação

Problemas nos "tram train" da Metro do Porto ficam resolvidos esta semana

Problemas nos "tram train" da Metro do Porto ficam resolvidos esta semana

A Metro do Porto prevê ter resolvido o problema nos "tram train" no final desta semana, com quase duas semanas de atraso em relação ao prazo previsto inicialmente.

A reparação da avaria nos patins electromagnéticos de toda a frota dos veículos da Bombardier, que levou ao descarrilamento de uma composição no início do mês passado, deveria ter ficado concluída no final de janeiro.

De acordo com a empresa, "até ao final desta semana os trabalhos de manutenção programada na frota tram-train ficam concluídos". Só a partir de segunda-feira é que será possível "retomar a disponibilidade habitual de veículos".

A partir de segunda-feira, a Metro prevê então que os horários voltem a ser cumpridos, "na medida em que deixa de ser necessário realizar inspeções aos veículos no início de cada viagem".

Será também levantada a restrição à velocidade máxima de circulação que impedia os "tram-train" de circular a mais de 60 km/hora.

A única alteração prevista, mais ainda por confirmar, será "um desvio face ao planeado, no período da ponta da tarde, com a redução de um serviço em duplo que se fará em unidade simples".

As linhas mais afetadas pelas alterações nas velocidades a a supressão de veículos têm sido as linhas vermelha (B) e verde (C), as ligações mais longas da rede.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG