Exclusivo Edição Impressa

Procissões pagam taxas para atravessar estradas nacionais

Procissões pagam taxas para atravessar estradas nacionais

Os autarcas da Área Metropolitana do Porto criticaram, esta sexta-feira, as taxas cobradas pela Infraestruturas de Portugal relativamente aos acessos e utilização das estradas nacionais.

Entre os exemplos desta "injustiça" e "esbulho", apontados pelo autarca da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, foram citadas as procissões, que têm de pagar entre 200 a 500 euros para cruzar as vias nacionais.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG