Porto

Projeto de mercado na estação de S. Bento envolto em polémica

Projeto de mercado na estação de S. Bento envolto em polémica

O projeto de animação previsto para a ala norte da estação de S. Bento, na Rua da Madeira, está envolto em polémica. A Câmara do Porto garante não ter emitido qualquer licenciamento para aquele tipo de evento. O promotor assegura ter autorização municipal e pago as devidas taxas.

O Porto Station Market, mercado gastronómico que vai reunir seis restaurantes, áreas de lazer e música ao vivo, tem uma duração prevista de três meses. O espaço, que pertence à Infraestruturas de Portugal (IP), foi subconcessionado por meio ano a Francisco Freixinho, que já ali organizou, em junho, um arraial de S. João.

Esta não é a primeira vez que há problemas com intervenções na estação de S. Bento. Em outubro de 2016, Rui Moreira afirmou ter sido surpreendido pelo anúncio do projeto de renovação do equipamento e queixou-se da falta de informação por parte da IP. A obra de um hostel chegou mesmo a ser embargada pelo Município.

Leia mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outros Artigos Recomendados