Porto

Reabilitar o Parque das Camélias vai custar 623 mil euros

Reabilitar o Parque das Camélias vai custar 623 mil euros

A Câmara do Porto vai reabilitar o Parque das Camélias, junto à Praça da Batalha, num investimento de 623 mil euros, para melhorar a sinalética e para o arranjo urbanístico. A Autarquia também isentou as rodoviárias do pagamento de taxas.

Em relação às obras, o concurso foi lançado em março. A empreitada "inclui a melhoria das paragens, das condições de acesso e espera, da sinalética, do arranjo paisagístico do espaço e ainda a criação de uma sala de espera, até agora inexistente".

Quanto à isenção de taxas de toque, é para "aplicar até 30 de junho de 2023 ou até à entrada em vigor do Contrato de Aquisição do Serviço Público de Transporte Rodoviário de Passageiros na Área Metropolitana do Porto [AMP], a celebrar pela AMP e ainda em fase de tramitação do respetivo concurso".

Esta isenção de taxas para os operadores de transporte rodoviário, calculadas em mais de 20 mil euros, foi aprovada por unanimidade em reunião do executivo.

A proposta refere que "é manifesto o relevante interesse público, municipal e metropolitano" dos serviços prestados pelos operadores privados, "sendo necessário garantir toda a estabilidade possível nesta prestação".

É feita menção à "importância das linhas de transporte público intermunicipal, mais ainda no contexto da empreitada de requalificação do tabuleiro inferior da Ponte Luís I, em que a maioria das ligações da zona sul da Área Metropolitana passa pelo Terminal das Camélias".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG