O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Rua do Almada "em pantanas" com 24 obras em simultâneo

Rua do Almada "em pantanas" com 24 obras em simultâneo

Comerciantes desesperados com barulho, falta de condições e "fuga" de clientes. Câmara do Porto só recebeu uma queixa sobre o ruído.

São pouco mais de 800 metros com 24 obras a decorrer em simultâneo. Na Rua do Almada, na Baixa do Porto, os comerciantes e empresários de alojamento local vivem num desespero sem fim à vista: denunciam o ruído, as difíceis condições de acesso e a "fuga" dos clientes. Em causa estão trabalhos de reabilitação de edifícios e na via pública. Contactada pelo JN, a Câmara ressalva que, até agora, recebeu "apenas uma denúncia sobre o ruído".

"Neste momento, há 24 obras obras de edificação (20 com alvará e quatro isentas). Considerando que algumas destas obras em curso implicam ocupação de espaço público, o Departamento Municipal de Fiscalização está a acompanhar e monitorizar em permanência estas ocupações com tapumes e/ou andaimes, no sentido de acautelar o cumprimento da legislação em vigor", diz o Município. "É de referir que estas obram implicam também, normalmente, em determinada fase, intervenção na via pública", acrescenta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG