Exclusivo

Rui Moreira avança para o Porto para concluir obras emblemáticas

Rui Moreira avança para o Porto para concluir obras emblemáticas

Autarca apresenta recandidatura na quinta-feira. Entende que ser independente é trunfo contra centralismo e não põe fasquia eleitoral.

Está decidido: Rui Moreira apresenta a recandidatura à Câmara Municipal do Porto quinta-feira, às 17 horas, no Mercado Ferreira Borges - onde, em 2013, avançou para a política. O autarca vai a votos pela terceira (e última) vez e apresenta quatro motivos: ser uma figura "independente" contra direções de partidos e "agendas centralistas"; querer entregar à cidade projetos que iniciou; ser uma voz de defesa do Norte; e ter mostrado boa capacidade de gestão. A equipa de Rui Moreira evita falar em maioria absoluta, acena com a capacidade de criar pontes e entende que o caso Selminho não compromete as aspirações do autarca.

"Rui Moreira não tem agenda partidária nem responde a diretórios partidários", afirma, ao JN, Francisco Ramos, presidente do movimento independente de Rui Moreira "Porto, o Nosso Movimento". "Defende sempre o Porto, independentemente dos poderes centrais, dos protagonistas partidários nacionais e das agendas centralistas que recorrentemente nos querem impor", acrescenta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG