Porto

Rui Moreira diz ter "muito gosto" em esclarecer deputados sobre sociedade Porto Vivo

Rui Moreira diz ter "muito gosto" em esclarecer deputados sobre sociedade Porto Vivo

O ex-presidente da sociedade de reabilitação urbana (SRU) Porto Vivo, Rui Moreira, mostrou-se hoje disponível para ir ao Parlamento esclarecer detalhes sobre aquela sociedade, como pedido pelo PS.

"Tenho muito gosto [em ir ao Parlamento]. Estou disponível para prestar os esclarecimentos entendidos como necessários na nossa casa, o Parlamento", disse Rui Moreira à agência Lusa, no dia em que se soube que o PS requereu hoje a presença do presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, e de Rui Moreira para esclarecerem "contradições" sobre a situação do projeto.

Segundo o deputado socialista Manuel Pizarro, ex-secretário de Estado da Saúde, durante a audição desta manhã da Comissão Parlamentar de Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local, o presidente do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), Vítor Reis, fez declarações que indiciam a existência de versões contraditórias sobre a situação da SRU Porto Vivo.

"Esta sociedade é muito importante para o Porto e para o país, porque o esforço de reabilitação urbana tem de estar entre as prioridades. Mas é inaceitável que, por razões pouco transparentes e que não se conseguem tornar objetivas, a SRU esteja em risco de ser paralisada ou descontinuada", sustentou à Lusa Manuel Pizarro, também candidato do PS à presidência da Câmara do Porto nas autárquicas deste ano.

De acordo com o deputado do PS, neste momento "não há nomeação de novos corpos gerentes, o Estado continua a não pagar uma dívida de 2,56 milhões de euros correspondentes aos anos de 2011 e 2012, não são aprovados os novos estatutos" e está-se "perante uma situação que conduzirá a curto prazo a uma paralisia da Porto Vivo".

"Em função da existência de informações contraditórias, o PS entendeu requerer a audição de Rui Rio e do anterior presidente da SRU Rui Moreira, por forma a que se saiba exatamente qual o ponto da situação em relação a um projeto que é tão importante para o Porto", acrescentou Manuel Pizarro.

Questionado pela Lusa sobre o requerimento, o deputado Carlos Abreu Amorim, do PSD, afirmou ainda não ter posição, por ser ainda uma intenção a chamada de Rui Rio e Rui Moreira ao Parlamento.

O presidente do IHRU afirmou hoje, na comissão parlamentar, que não faltará dinheiro para a Porto Vivo trabalhar e lembrou caber ao Ministério das Finanças o desbloqueamento de verbas.

O IHRU detém 60% da sociedade de reabilitação (SRU), sendo o restante capital da Câmara Municipal do Porto. Segundo Vítor Reis, há acordo entre os dois acionistas para rever os estatutos da SRU, mas falta unanimidade para as nomeações, depois da saída de Rui Moreira.

A Lusa tentou contactar Rui Rio mas até ao momento tal não se revelou possível.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG