Descentralização

Rui Moreira reage a recuo de autarcas na "Declaração do Rivoli"

Rui Moreira reage a recuo de autarcas na "Declaração do Rivoli"

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, fez uma publicação, esta terça-feira de manhã, na sua página do Facebook, afirmando que a "grande vantagem da independência é não ter que obedecer aos diretórios".

Depois de seis dos presidentes de câmaras municipais que estiveram presentes na conferência "Os caminhos da descentralização", organizada pelo JN, no Teatro Rivoli, terem recuado na intenção de subscrever o documento "Declaração do Rivoli", Rui Moreira mostrou-se orgulhoso de ser um autarca independente.

"Quando em campanha eleitoral disse que não recebia telefonemas de Lisboa, e isso indignou adversários de um partido político, era a isto que me referia", escreveu o presidente, mostrando uma página do Jornal de Notícias.

O documento proposto por Rui Moreira, que exige a suspensão da universalização das competências transferidas pelo estado em 2001, não tem o apoio dos autarcas de Matosinhos, Gondomar, Caminha, Baião, Lousada e Lagoa. Todos do PS.

Alguns admitem continuar a ter dúvidas sobre os processos, outros que nunca subscreveram esta posição. Contudo, negam que se trate de um recuo.

A "Declaração Rivoli", que será enviada ao primeiro-ministro António Costa, conta com a assinatura de 28 presidentes de câmara.

Outras Notícias