Festa

Saiba que ruas vão estar cortadas na noite de São João no Porto

Saiba que ruas vão estar cortadas na noite de São João no Porto

Os festejos de São João no Porto vão levar a proibições de trânsito que abrangem 25 arruamentos já a partir das 16:00 de sábado e a impedir o estacionamento em parte da rua de S. João, revelou a autarquia.

No seu portal de notícias, a Câmara do Porto indica que os "condicionamentos de trânsito e estacionamento "por razões de segurança" se prolongam até domingo, alertando que as datas "podem ser alteradas mediante as condições meteorológicas, caso não permitam a realização dos trabalhos".

De acordo com a autarquia, a partir das 19 horas está proibido o trânsito no tabuleiro inferior da ponte Luiz I, mas a partir das 16 horas os cortes, "assegurados pela polícia", abrangem vários locais da cidade, nomeadamente a Ribeira, Massarelos, Cedofeita, Galiza, Praça da República, avenida Gustavo Eiffel e várias artérias da Baixa, num total de 25.

A Câmara do Porto cita, em concreto, a interdição ao trânsito "no interior da zona delimitada pelos seguintes arruamentos": ruas de D. Pedro V, da Piedade, praça da Galiza, ruas da Torrinha, Cedofeita, Álvares Cabral, praça da República e Gonçalo Cristóvão.

À lista juntam-se, ainda, a rua de Santa Catarina, no troço compreendido entre a Rua de Gonçalo Cristóvão e a Rua da Escola Normal, a rua da Escola Normal e a r Rua de D. João IV, no troço compreendido entre a Rua da Escola Normal e a Rua Formosa.

A Câmara indica ainda a proibição da circulação no interior da zona limitada pela rua Formosa, no troço compreendido entre a Rua da Alegria e a Rua de D. João IV, rua da Alegria, no troço compreendido entre a Rua Formosa e a Praça dos Poveiros, praça dos Poveiros, rua do Campinho e avenida Rodrigues de Freitas, no troço compreendido entre a rua do Campinho e a rua de S. Vítor.

Os condicionamentos surgem também na rua de S. Vítor, na alameda Basílio Teles, no viaduto Cais das Pedras, ruas de Monchique e do Infante D. Henrique, túnel da Ribeira, rua da Ribeira Negra e avenidas Gustavo Eiffel e Paiva Couceiro.

A exceção são "os transportes públicos, nos percursos autorizados", esclarece o município portuense.

No sábado, e "conforme sinalização a estabelecer no local", vai ser proibido o estacionamento na rua de São João, no troço compreendido entre as ruas Mouzinho da Silveira e Infante D. Henrique.

Por causa do fogo-de-artifício junto ao rio Douro, a circulação do metro do Porto no tabuleiro superior da ponte Luis I vai estar suspensa entre General Torres e São Bento, desde as 23.45 horas de sábado e às 4 horas de domingo, divulgou a empresa na sua página da Internet.

Durante aquele período, a Linha Amarela (D), funcionará de forma regular no Porto, entre as estações do Hospital de São João e São Bento, e em Vila Nova de Gaia, entre Santo Ovídio e General Torres.

Entre as 20 e as 5 horas, a circulação de veículos nesta linha terá intervalos de seis minutos.

A partir das 5 horas, a frequência reduz gradualmente até atingir os 15 minutos.

Com exceção da linha Violeta, que encerra pelas 1 hora, todas as outras linhas do metro têm operação especial para o São João, a começar às 20 horas e prolongando-se durante a madrugada.

Na Linha Azul (A) a frequência noturna tem intervalos de 15 minutos até às 6 horas.

Na Linha Vermelha (B), a passagem do metro realiza-se a cada 15 minutos até às 3 horas, sendo que a partir dessa hora e até às 6 horas passa para 30 minutos.

Na Linha Verde (C), os veículos passam a cada 15 minutos até às 2 horas, circulando a partir daí de 30 em 30 minutos.

Na Linha Laranja (F), o intervalo de circulação vai rondar os 15 minutos até às 3 horas e a linha Violeta (E) mantém o funcionamento dentro do horário regular, encerrando à 1 hora.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG