"Bebé milagre"

Salvador já respira sozinho

Salvador já respira sozinho

Hospital de S. João informa que o bebé que nasceu na quinta-feira de cesariana de urgência e filho de mãe em morte cerebral já não precisa de ventilação mecânica.

O Hospital de S. João informou esta manhã que o bebé que nasceu ontem, após 31 semanas e seis dias de gestação de uma gravidez em que a mãe estava em morte cerebral, "está estável, com boa evolução e já sem necessidade de ventilação mecânica invasiva".

O nascimento do bebé estava previsto para hoje mas a equipa médica acabou por fazer ontem a cesariana devido a deterioração respiratória e dificuldades em ventilar a mãe.

Recorde-se que Catarina Sequeira, de 26 anos, teve um ataque de asma quando contava com 12 semanas de gravidez. Esteve em coma induzido no Hospital de Gaia mas os seu estado de saúde acabou por se agravar, entrando em coma profundo e posteriormente em morte cerebral. O óbito foi declarado a 26 de dezembro mas a família optou por continuar com a gravidez, na altura com 19 semanas, e Catarina foi transferida para o Hospital de S. João onde esteve até à madrugada de ontem ligada a máquinas.

O funeral de Catarina Sequeira realiza-se esta tarde, pelas 15 horas, na Igreja Paroquial de Crestuma, em Gaia. O corpo segue depois para o crematório de Paranhos, no Porto.