Exclusivo

Saudade da sardinha assada enche restaurantes de Porto, Gaia e Matosinhos

Saudade da sardinha assada enche restaurantes de Porto, Gaia e Matosinhos

O S. João ainda está a uns dias de distância, mas já ninguém resiste à sardinha assada. As saudades eram tantas que, neste domingo, as mesas de restaurantes de Porto, Gaia e Matosinhos encheram-se de clientes.

O estender da toalha dá o toque para a hora de almoço. As brasas estão prontas e as sardinhas acabam de chegar, "fresquinhas", da lota de Matosinhos. Joaquina Magalhães e o marido, Francisco Alves, são quem as traz. Ainda não é meio-dia e na Alameda das Fontainhas, no Porto, já há quem esteja à espera do tão típico prato de S. João no "Lavrador", o restaurante do casal, com vista privilegiada para o Douro. Também em Matosinhos e na Afurada, em Gaia, as ruas enchem-se de filas de espera de aficionados da sardinha assada.

É a primeira vez, neste ano, que Joaquim Gomes e Maria de Fátima Gomes, casal de Espinho, provam a iguaria. "Aqui costuma ser muito boa", diz Maria, de 64 anos, à mesa do restaurante "Vapor", na Afurada, em Gaia, pronta para devorar pelo menos quatro das oito sardinhas que acabaram de chegar. Ali, a dose fica por 14 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG