Porto

Seiva Trupe despejada do Teatro Campo Alegre

Seiva Trupe despejada do Teatro Campo Alegre

A companhia de teatro Seiva Trupe, que ocupa as instalações do Teatro do Campo Alegre, no Porto há cerca de 15 anos, foi alvo de uma ação de despejo por parte da Câmara Municipal do Porto, durante a madrugada de quinta-feira.

A ordem de despejo, à qual o JN teve acesso, assinada pelo próprio Rui Rio, presidente da autarquia até à próxima terça-feira, baseia-se "na falta do pagamento das prestações devidas, no âmbito do contrato de cedência das instalações do Teatro Campo Alegre".

O despacho acentua que, "nos termos contratuais, a falta de pagamento de uma prestação implicava o vencimento de todas as prestações vincendas e a imediata resolução do contrato", ao mesmo tempo que refere que a direção da Seiva Trupe "foi regularmente notificada da resolução do contrato e da obrigação de desocupação e entrega de todos os espaços cedidos até 15 de outubro".

Nesse sentido, acrescenta-se que o contrato "se encontra definitivamente incumprido e resolvido", o que levou a determinar-se "a desocupação coerciva das instalações do referido teatro, que é propriedade do Município do Porto".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG