O Jogo ao Vivo

Porto

Senhorio de prédio em ruína propôs a idoso nova casa com a mesma renda

Senhorio de prédio em ruína propôs a idoso nova casa com a mesma renda

O senhorio do prédio que está em risco de ruir, na Rua de Camões, no Porto, e onde ainda vive Lázaro Peixoto, de 89 anos, e uma filha, de 58, "sempre disse que ia manter um novo contrato nas mesmas condições do atual, e em que só mudava o local arrendado". A explicação é do seu advogado, António Esteves, que numa nota enviada ao JN, faz saber que o novo contrato "continuaria vitalício para o senhor Lázaro" e até a renda "de 37 euros se manteria a mesma".

De acordo com o advogado, "a proposta do senhorio foi a da transferência da residência do senhor Lázaro para um apartamento renovado, sito na Rua Duque da Terceira", mantendo o inquilino as condições que tinha. O senhorio chegou, inclusive, "a pagar oito meses de renda do apartamento renovado que conseguiu encontrar na cidade do Porto para alojar" o idoso.

Todavia, "a filha do senhor pretendia passar a ser ela a nova inquilina, pretensão excessiva e abusiva com a qual o meu cliente não pôde concordar", acrescenta o causídico.

PUB

O advogado referiu que foram realizadas várias reuniões com o inquilino na tentativa de encontrar uma "solução viável para ambas as partes", mas nunca foram aceites, permanecendo, por isso, pai e filha no mesmo andar da Rua de Camões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG