Exclusivo

Sete motoristas da STCP agredidos em 2021

Sete motoristas da STCP agredidos em 2021

STCP obrigada a reforçar segurança nos autocarros. Há muitos casos que não são reportados. Obrigação de uso de máscara aumentou os conflitos.

Sete motoristas da STCP foram agredidos no exercício das suas funções durante o ano passado. Quatro das situações ficaram a dever-se a desentendimentos com terceiros que não passageiros, devido a acidentes ou incidentes de trânsito; nas restantes três os motoristas foram agredidos por passageiros. O caso mais grave aconteceu em junho com uma motorista a ser agredida violentamente por um casal que tinha sido chamado a atenção por não usar máscara dentro do autocarro. Pela sua gravidade, esta ocorrência obrigou a empresa a reforçar os meios de segurança, incluindo policiamento pago.

Desde sempre que as situações de conflito devem-se essencialmente ao facto de passageiros pretenderem viajar sem pagar. Contudo, a pandemia veio trazer um motivo mais forte para os desentendimentos. A obrigatoriedade do uso de máscara nem sempre é cumprida pelos utentes, que não gostam de ser chamados à atenção pelos motoristas. E o mesmo motivo gera conflitos entre os próprios passageiros, como explica a empresa ao JN, dando conta de oito agressões entre clientes, sem envolver o motorista, em 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG