Transportes

STCP com menos 2,1 milhões de euros de receita devido à pandemia

STCP com menos 2,1 milhões de euros de receita devido à pandemia

O relatório de contas do primeiro semestre de 2021 da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) revela uma diminuição de 2,1 milhões de euros de receita devido à pandemia.

Com menos 2,7 milhões de passageiros face ao período homólogo de 2020, a STCP viu a sua receita diminuir em 2,1 milhões de euros, "ascendendo a cerca de 14,3 milhões de euros no final de junho de 2021".

A empresa de transportes, cuja intermunicipalização se concretizou a 1 de janeiro deste ano, com a transferência da totalidade do capital social do Estado Português para os Municípios de Gondomar (7,28%), Maia (9,61%), Matosinhos (11,98%), Porto (53,69%), Valongo (5,40%) e Vila Nova de Gaia (12,04%), salienta que os primeiros dois meses de 2021 estão a ser comparados com os dois meses de 2020, altura "em que ainda não havia pandemia".

Apesar da diminuição da procura, esclarece a empresa, "verifica-se que com o regresso à normalidade e a retoma das mais diversas atividades económicas, o número de passageiros transportados pela STCP tem vindo a aumentar gradualmente, a partir de fevereiro de 2021, perspetivando uma tendência de crescimento até ao final do ano".

"O total de rendimentos e ganhos ascendeu a 20,5 milhões de euros, apresentando uma diminuição face ao período homólogo de 2020 de 10,8 milhões de euros (-35%)", nota a STCP, em comunicado.

Já o resultado líquido foi negativo em 8,3 milhões de euros, "desagravando-se em 179 mil euros (2%) quando comparado com o resultado de igual período de 2020",

Novos autocarros

PUB

A STCP relembra ainda que "o total do investimento realizado no primeiro semestre de 2021 ascendeu a cerca de 10,1 milhões de euros, relativo essencialmente à aquisição de 40 autocarros standard, a gás natural, destinados à renovação da frota da STCP (2ª fase), cujo projeto é cofinanciado pelo POSEUR (Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos)".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG