Pandemia

Surto de covid-19 num lar do Porto

Surto de covid-19 num lar do Porto

"Alguns" utentes e funcionários da Residência Montepio, no Porto, estão infetados com o novo coronavírus. A Autoridade Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) confirmou, ao JN, o surto. O Montepio garante que a situação está controlada mas não diz quantas pessoas têm covid-19.

Foi no domingo que Abel Sousa Dias soube por telefone que a mãe, de 93 anos, está infetada com o novo coronavírus e teve que ser internada no Hospital de Santo António. "Sempre fomos ligando e visitando, quando nos era permitido. Até que, na semana passada, deixaram de dar informações. Ontem (domingo), atenderam e disseram que a minha mãe estava com covid-19, tinha passado mal a noite, com dificuldades respiratórias e 30 minutos antes tinha sido chamada uma ambulância para a levar ao hospital", conta.

Abel Sousa Dias garante que nada sabe sobre o estado de saúde da sua mãe. "Apenas sei que está internada na unidade de covid no Santo António. Ninguém nos diz nada. É uma coisa completamente inadmissível!", lamenta.

Contactada pelo JN, a ARS-Norte confirma que "alguns doentes e utentes" da Residência Montepio, na Rua do Breiner, no Porto, estão infetados. A ARS-Norte não especifica quantos, referindo que ainda se aguarda pelos resultados dos testes feitos à população do lar. Mas assegura: "A autoridade de saúde está a acompanhar a situação e a desenvolver todos os procedimentos recomendados pela Direção-Geral de Saúde".

O Montepio também não revela quantos utentes e funcionários estão infetados. Mas confirma o surto e assegura que a situação está controlada. "Conseguimos isolar a cadeia de contágio e estamos a manter um controlo rígido e próximo com os residentes, com as equipas e com as famílias", garante as Residências Montepio.

Numa resposta enviada ao JN, as Residências Montepio revela: "O primeiro passo que demos foi rastrear a origem e, graças a isso, foi possível rastrear e isolar as pessoas afetadas. Podemos confirmar que, neste momento, todas as pessoas estão a ser seguidas, que as equipas foram substituídas e reforçados os protocolos de isolamento, estando todas as iniciativas articuladas com as autoridades de saúde".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG