O Jogo ao Vivo

Premium

"Tolerância zero" no combate ao sexismo na Queima das Fitas

"Tolerância zero" no combate ao sexismo na Queima das Fitas

Depois de, na noite de quarta-feira, terem encerrado três barracas que promoviam o sexismo e que desrespeitavam o regulamento da Queima das Fitas, a Federação Académica do Porto (FAP) decretou "tolerância zero" nas fiscalizações para os que insistam em fomentar a violência sexual, de género e física dentro do queimódromo.

A sanção foi aplicada apenas por uma noite, disse ao JN João Videira, presidente da FAP. "As barracas que encerrámos já tinham sido avisadas e por isso decidimos sancioná-las. Apesar do arrependimento pelos seus atos, não podíamos deixar passar esta situação e por isso tivemos de os responsabilizar", advogou.

Mostrar os seios, fazer do corpo bandeja e beijos lésbicos são alguns dos desafios lançados em troca de bebidas. Vários vídeos circularam nas redes com imagens explícitas.