Porto

Torre dos Clérigos adere aos concertos-surpresa

Torre dos Clérigos adere aos concertos-surpresa

É já nesta terça-feira que a Torre dos Clérigos se torna o quinto local da cidade do Porto a aderir aos concertos organizados pela comunidade internacional Sofar Sounds. A partir das 21.30 horas, as pessoas que foram selecionadas para assistir serão surpreendidas com três atuações.

Surpreendidas, mesmo, pois, enquanto os artistas não aparecerem no palco, ninguém sabe quem é que vai lá estar. O fator surpresa é uma das premissas dos concertos Sofar.

Além do mistério, há regras apertadas. Depois de ter feito a inscrição e de ter recebido a confirmação de que foi convidado a assistir, o espectador só sabe qual é o local na véspera do concerto. Durante a atuação, não pode falar, enviar SMS nem fotografar, é aconselhável que chegue meia hora mais cedo (aliás, ninguém entra após o início do espetáculo) e, qual cereja em cima do bolo, paga pelo bilhete o montante que entender.

As inscrições são feitas no site da organização e quem quiser candidatar-se ao próximo concerto na cidade, marcado para o dia 22 de fevereiro, já pode fazê-lo.

O conceito nasceu em Londres, em 2010, e estendeu-se até agora a 206 cidades de todo o Mundo. Lisboa também está no roteiro.

O objetivo é "devolver a magia à música ao vivo", lê-se no site desta comunidade sem fronteiras. Só vai quem realmente gosta de música e sabe apreciá-la.

Segundo o departamento de comunicação da Torre dos Clérigos, o evento desta terça-feira tem a duração aproximada de hora e meia. Atendendo às caraterísticas do espaço - um edifício do século XVIII - e da sua envolvência, foram selecionados "apenas projetos musicais em formatos acústicos com pouca ou nenhuma amplificação".

PUB

"Fomos muito sensíveis ao objetivo que esteve na génese deste movimento internacional - reeducar as audiências para que respeitem uma performance musical da mesma forma que respeitam, por exemplo, uma peça de teatro", conclui a mesma fonte.

Porto Guitarra, Escola Superior Artística do Porto, Hotel da Música e Livraria Lello acolheram as outras atuações na cidade. Mas os palcos não têm, necessariamente, de ser espaços públicos, pois outra das caraterísticas deste projeto é que qualquer pessoa pode candidatar-se a ser anfitrião de um concerto com a chancela Sofar Sounds.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG