Exclusivo

Tuque-tuques regressam em força às ruas do Porto

Tuque-tuques regressam em força às ruas do Porto

Pandemia quase deu cabo do setor mas a retoma está a superar as expectativas, mesmo em tempo de crise económica. Há mais empresas a operar e mais veículos em circulação.

Foi dos setores ligados ao turismo que mais sofreram com a pandemia. As quebras foram totais e causaram despedimentos e insolvências de empresas. Este verão foi de retoma e no Porto nunca circularam tantos tuque-tuques como agora. Há mais empresas a operar, mais veículos e mais pessoas empregadas. A Baixa portuense e a zona histórica, com as suas ruas estreitas, continuam a ser os locais mais solicitados pelos turistas para visita e são muitas as peripécias contadas pelos condutores de tuque-tuques. Ainda recentemente um transportou em emergência uma turista ao hospital após uma queda sofrida na zona da Sé Catedral.

"Foi aflitivo, porque a senhora, estrangeira, tinha uma fratura exposta no braço. Ainda disse ao marido que o melhor era chamar uma ambulância, porque iria haver muita chocalhada, mas ele achou que de tuque-tuque seria mais rápido. Então foi uma viagem louca até ao Hospital de St.º António", conta Murillo Diniz Nogueira, condutor destas pequenas viaturas há oito meses. Murillo, com 36 anos, é brasileiro, mas a avó é do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG