Porto

Primeira doente ucraniana que chegou a Portugal terá alta

Primeira doente ucraniana que chegou a Portugal terá alta

A ucraniana Viiktoria venceu, ao fim de 38 dias, o complexo quadro clínico que a trouxe para o Hospital de São João, no Porto, na sequência de um grave acidente no seu país de origem onde, por causa da guerra, não tinha condições para ser tratada. Terá alta hospitalar durante esta segunda-feira.

Durante o período de internamento foi seguida "por uma equipa multidisciplinar que inclui médicos especialistas em medicina intensiva, ortopedia, urologia, cirurgia plástica, cirurgia vascular e cirurgia geral", conta fonte hospitalar.

Foram, ainda, feitas cirurgias corretoras das lesões causadas pelo incidente que sofreu no passado mês de dezembro, com intervenções cirúrgicas de urologia, ortopedia e cirurgia plástica.

Viiktoria, 37 anos, foi a primeira doente ucraniana a chegar a Portugal, no início de março, depois de ter sofrido um atropelamento do qual resultaram "múltiplas lesões graves".

O incidente aconteceu a 22 de dezembro de 2021 e estava a ser tratada num hospital ucraniano em Lviv, no entanto, devido a uma infeção, o seu estado de saúde complicou-se. Por causa do conflito que envolve a Ucrânia e a Rússia, não estavam disponíveis os cuidados de saúde que Viiktoria necessitava.

Durante o internamento, o Hospital de São João ofereceu apoio psicológico à doente e à família com o objetivo de se "criar um ambiente de tranquilidade que permitisse uma adequada recuperação física e psicológica", assegura fonte.

O CHUSJ recorda ainda que "continua disponível, no contexto da política nacional e da cooperação internacional, para receber e tratar de cidadãos ucranianos, num espírito de enorme solidariedade", adiantando que "disponibilizámos cerca de 140 camas para receber doentes ucranianos".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG