O Jogo ao Vivo

Habitação

Vão abrir inscrições para programa de apoio à renda no Porto

Vão abrir inscrições para programa de apoio à renda no Porto

Vão ser abertas na próxima terça-feira as candidaturas à edição deste ano do programa de apoio da Câmara do Porto ao arrendamento. A Autarquia destinou 2,65 milhões de euros para ajudar famílias em dificuldades a pagar a renda ou a prestação bancária.

As candidaturas à 10.ª edição do Porto Solidário - Fundo Municipal de Emergência Social podem ser submetidas no site da Domus Social, empresa municipal responsável pela gestão integral do programa. "É igualmente possível entregar as candidaturas nas respetivas Juntas de Freguesia ou através do Gabinete do Inquilino Municipal, o espaço para atendimento exclusivo a inquilinos municipais", acrescenta a Câmara.

Os pressupostos do regulamento do programa foram revistos, pelo que, agora, o apoio será mais prolongado (passa de um para dois anos) e poderá chegar a mais pessoas ("como fator de elegibilidade é considerada uma taxa mínima de esforço dos agregados de 25%, e também os beneficiários de edições anteriores em curso podem agora recandidatar-se, desde que o apoio atual termine até três meses depois da data de abertura das novas candidaturas").

PUB

A Câmara do Porto nota que, desde a sua criação, em 2014, o Porto Solidário já ajudou mais de 3800 famílias, com uma verba de aproximadamente 10,5 milhões de euros.

"Além do apoio à habitação, o Fundo Municipal de Emergência incluiu ainda dois outros eixos prioritários, nomeadamente, o apoio à inclusão de cidadãos com deficiência e o apoio a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e instituições sem fins lucrativos", observa o Município.

"Atualmente, 1150 famílias do município beneficiam da ajuda do programa Porto Solidário, cujo valor médio mensal atribuído na última edição foi de 119,51 euros, o que representou um aumento de 30 euros face ao valor médio das edições anteriores. Um cenário que reflete o impacto económico da pandemia no rendimento de muitas famílias e que vem reforçar a importância deste fundo de emergência social", conclui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG