Porto

Vídeo mostra ataque de taxistas a carro em Campanhã

Vídeo mostra ataque de taxistas a carro em Campanhã

Um motorista que circulava num carro topo de gama em frente à Estação da Campanhã, no Porto, foi confundido com um Uber e tornou-se alvo da fúria dos taxistas.

Segundo testemunha ocular explicou ao JN, o incidente ocorreu, esta sexta-feira, às 13.45 horas, quando um carro topo de gama foi confundido com um Uber. Os taxistas que se encontravam parados em frente à Estação da Campanhã, na zona da praça de táxis, abordaram o motorista do veículo com insultos e, enquanto este se encontrava parado, pontapearam o carro e atiraram ovos.

"Mal o viram começaram a atirar ovos lá para dentro e a dar pontapés ao carro. O condutor só berrava: 'Não sou Uber, não sou Uber', explicou a testemunha ao JN.

"Comentava-se que era uma limusina de um hotel", explica a mesma fonte, que garante que os profissionais do táxi continuavam em frente à estação munidos com um saco com ovos para atirar aos motoristas ao serviço da Uber que estivessem a fazer serviços no mesmo local.

PUB

Esta sexta-feira, milhares de taxistas em Lisboa, Porto e e Faro fizeram uma marcha lenta em protesto contra o serviço de transporte pessoal Uber.

Houve outros incidentes a registar no Porto. Um motorista ao serviço da Uber foi obrigado a refugiar-se num hotel da Praça da Batalha, após ter sido cercado alegadamente por taxistas. Também em Campanhã, uma motorista ao serviço da Uber acusa diversos taxistas de, esta sexta-feira à tarde, lhe terem vandalizado o carro, quando chegava à estação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG