Exclusivo

Voluntários do Porto sem central telefónica depois da meia-noite

Voluntários do Porto sem central telefónica depois da meia-noite

Primeiro, começou por não haver ninguém para assegurar a central telefónica aos fins de semana e feriados nos Bombeiros Voluntários do Porto. Mas agora, todos os dias, a partir da meia-noite, também não há centralista, sendo as chamadas encaminhadas para o quartel dos Sapadores do Porto.

A decisão, segundo um grupo de bombeiros voluntários ouvidos pelo JN, "foi imposta pelo presidente da direção, que decidiu trocar o horário do centralista", passando este funcionário a trabalhar das 16 às 24 horas.

Isto, depois deste trabalhador - que fazia o horário das 20 até às 8 horas - ter reclamado por não ter recebido o pagamento das horas extra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG