Póvoa de Varzim

Militares resgatados da praia da Lagoa ainda estão internados

Ana Trocado Marques

Jovens militares foram arrastados, nasexta-feira de madrugada, pela ondulação na praia da Lagoa, na Póvoa de Varzim.

Foto José Carmo / Global Imagens

Continuam internados no Hospital das Forças Armadas, no Porto, os três militares que, na sexta-feira de madrugada, foram arrastados por uma onda na Póvoa de Varzim. As duas mulheres e um homem, todos com cerca de 20 anos, eram colegas de curso de ​​​​​​​Ani Dabó, a jovem primeiro cabo da Amadora que perdeu a vida numa noite de festa que acabou em tragédia.

O grupo de oito militares, quatro rapazes e quatro raparigas, tinha saído do quartel de Beiriz, na Póvoa de Varzim, para comemorar o final do curso de condutor militar que estavam a fazer na Escola dos Serviços (ES), na Póvoa de Varzim. Passaram a noite no Bar da Praia, situado em cima do areal, na praia da Lagoa. Às 4.30 horas, abandonaram aquele espaço de diversão noturna e decidiram ir molhar os pés à praia.

Duas jovens acabaram arrastadas por uma onda. Os amigos fizeram-se ao mar para ajudar. Ani acabariam por não regressar.

À chegada dos Bombeiros da Póvoa, três jovens estavam já em hipotermia e os quatro rapazes estavam a regressar da água, sem terem conseguido salvar Ani.

Os sete jovens foram transportados ao Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde, todos em situação de pré-afogamento, com lesões musculares, em hipotermia e em choque. Ao início da tarde de sexta-feira, quatro tiveram alta e três das vítimas foram transferidas para o Hospital das Forças Armadas, onde ainda permanecem. Estão estáveis, mas ainda a carecer de cuidados hospitais.

O corpo da jovem haveria de ser localizado quase 12 horas depois, 700 metros a sul do local, na praia da Salgueira. Foi resgatado por um helicóptero da Força Aérea.

Ani era natural da Amadora e a mais velha de quatro filhos.

O Exército já anunciou a abertura de um inquérito e está a prestar "apoio psicológico aos familiares" da jovem, bem como aos restantes sete militares.

Relacionadas