Exclusivo

Cobertura do Varzim vai abaixo para se verem as rusgas

Cobertura do Varzim vai abaixo para se verem as rusgas

Já começou a retirada da cobertura da bancada norte do Estádio do Varzim. A bem da segurança e com um olho no S. Pedro, a Câmara da Póvoa de Varzim assumiu o encargo de 160 mil euros. A ideia é ter tudo pronto a tempo do espetáculo das rusgas, previsto para 2 de julho, e que é um dos pontos altos da festa do santo pescador.

"Havia ali um iminente estado de rutura da cobertura da bancada. Está em causa a segurança de pessoas e bens. Aquilo, de um momento para o outro, pode cair e, nesse sentido, a Câmara tem obrigação de intervir", afirmou, ao JN, o presidente da Câmara da Póvoa, Aires Pereira, justificando assim a intervenção da Autarquia.

A bancada norte do Varzim, recorde-se, está interdita desde agosto de 2021 (altura do regresso em pleno dos adeptos ao Estádio pós-pandemia) por decisão da comissão técnica da Liga Portuguesa de Futebol. Na altura, o relatório apontava o "iminente estado de rutura da cobertura".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG