Festas

Pequenada abriu o S. Pedro na Póvoa de Varzim

Pequenada abriu o S. Pedro na Póvoa de Varzim

O S. Pedrinho e a Pequenada abriu, esta segunda-feira, com chave de ouro, as festas de S. Pedro na Póvoa de Varzim. Terça-feira é a grande noitada e a cidade prepara-se para acolher milhares de foliões. Há sardinha assada, rusgas e muita animação.

"Tenho encontrado muitos meninos, hoje já jovens, que me contam histórias do seu S. Pedrinho. É o bichinho que nós semeamos aqui", diz, a sorrir, o vereador da Cultura, Luís Diamantino, enquanto se prepara para entrar no auditório da Lota. São 12 rusgas, mais de mil crianças trajadas a rigor, a imitar as rusgas dos crescidos. O S. Pedrinho e a Pequenada abriu, com chave de ouro, as festas de S. Pedro na Póvoa.

"Muitos deles têm pais que já pertenceram a bairros e a rusgas, outros vão percebendo esta tradição e, por norma, gostam muito", explica Catarina Silva, uma das educadoras que ensaiou a rusga do Grande Colégio. Ali há várias crianças estrangeiras, muitas das quais da pujante comunidade chinesa, mas nem por isso deixam de vir.

"Tentamos mostrar-lhes vídeos, explicar-lhes a nossa tradição e eles facilmente entram na festa", continua. Avental cor-de-laranja, lenço a condizer, blusa branca, puxos na cabeça e chinelas nos pés. Assim vão as meninas, ancas a abanar, cantando e dançando a música da sua rusga. Ao lado, os rapazes, de arco na mão, seguem de braço dado.

O S. Pedrinho e a Pequenada, tantas vezes o "viveiro" das rusgas dos bairros, é também uma forma de envolver na grande festa todo o concelho. Esta segunda-feira, foram 12 as rusgas de infantários e jardins-de-infância a provar que a festa não é só na cidade.

Depois das rusgas em miniatura, da inauguração das iluminações e dos tronos a S. Pedro, terça-feira é a grande noitada do santo pescador. As rusgas dos seis bairros da cidade - Belém, Mariadeira, Matriz, Norte, Sul e Regufe - desfilam pela cidade, há sardinhas assadas nas ruas, oferecidas a quem passa, fogueiras, música e muita animação. Amanhã é Tony Carreira quem vai animar a festa. O concerto é em frente ao Casino.

Depois de dois anos de interregno, diz Luís Diamantino, estão todos "desejosos de festejar" e, em cada bairro, "há vaidade, orgulho e desejo de fazer mais e melhor". O vereador antecipa "um mar de gente" na Póvoa de Varzim.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG