Santo Tirso

PCP preocupado com funcionamento de centros de saúde

PCP preocupado com funcionamento de centros de saúde

Grupo parlamentar do Partido Comunista questionou o Governo acerca do "funcionamento do Agrupamento de Centros de Saúde Santo Tirso e Trofa, que aguarda nomeação do diretor executivo desde dezembro de 2018". A estrutura continua, no entanto, a ser dirigida pela diretora executiva nomeada no final de 2015, Ana Maria Tato.

Apesar de a médica não ter sido reconduzida no cargo e de uma nova nomeação estar pendente há já mais de um ano, o PCP denuncia, nesta quinta-feira, que "a situação tem implicado o adiamento de importantes decisões que afetam o funcionamento das unidades de saúde, designadamente a resposta ao crescimento do número de utentes sem médico de família, bem como outros aspetos da organização dos serviços ou os problemas de conservação do próprio edifício de Santo Tirso, que está em acelerada degradação".

Na questão colocada à ministra da Saúde, Marta Temido, os comunistas sublinham que o atraso na nomeação "assume contornos de especial gravidade na situação atual", e denunciam que "foram os médicos na USF da Ponte Velha que compraram fardas e outros meios de proteção individual".

Contactada pelo JN, Ana Maria Tato garante que "tudo está a decorrer normalmente, como sempre esteve". "Estou em funções desde 23 de outubro de 2012 neste ACES, e desde essa altura que estou a exercer as funções de diretora executiva, com todos os poderes e todas as responsabilidades inerentes ao cargo", reforça a médica, que cumpriu dois mandatos à frente do agrupamento, sendo que o segundo findou em novembro de 2018.

Com um comunicado feito há dias à população, acerca da organização de áreas dedicadas a doentes com sintomas respiratórios, no âmbito da pandemia de Covid-19, Ana Maria Tato diz-se "muito surpreendida" com a questão levantada pelo PCP, sobre o funcionamento do ACES.

"A ARS Norte fornece os nossos materiais, e não precisamos de comprar material", esclareceu ainda a diretora executiva do ACES, referindo-se à alegada compra de material por médicos de uma unidade de saúde.

Ao JN, a ARS Norte informou apenas que "o ACES Santo ​​​​​​​Tirso/Trofa tem diretora executiva, e é a doutora Ana Maria Tato".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG