Acidente

Homem de 70 anos morreu na Trofa após cair de andaime

Homem de 70 anos morreu na Trofa após cair de andaime

Apesar dos 70 anos, José Oliveira dedicava-se a trabalhos na área da construção civil, como a pintura, mas a atividade acabaria por ser-lhe fatal, às primeiras horas da manhã desta terça-feira: sem que se conheçam ainda as causas, o septuagenário caiu do andaime em que se encontrava a trabalhar e morreu no local.

Eram 8.17 horas quando o alerta chegou ao quartel dos Bombeiros Voluntários da Trofa, dando conta de que um homem caíra de uma altura de cerca de cinco metros, numa obra que decorria na Travessa de S. Cristóvão, no Muro. Os operacionais da corporação ainda efetuaram manobras de reanimação, mas José acabaria por não resistir e o óbito foi declarado ali, perto da casa onde vivia com a mulher, pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de S. João.

Descrito por quem o conheceu como "um homem muito educado, trabalhador e dedicado aos netos", José Oliveira não fez o percurso profissional na construção civil. Foi, antes, motorista e, vendo-se reformado, procurou manter-se ativo, aceitando trabalhar com um vizinho em algumas obras. Ontem, estavam ambos a pintar o exterior de uma moradia quando se deu o acidente.

Além da mulher, o idoso deixa dois filhos e quatro netos. O corpo foi transportado para o IML de Guimarães, onde vai ser autopsiado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG