Valongo

Pais denunciam que chove dentro de sala de aula em escola primária

Daniela Correia

Chuva dentro da sala|

 foto Direitos Reservados

Chuva ameaça instalações elétricas|

 foto Direitos Reservados

Pais de alunos da Escola Básica do Outeiro, em Valongo, denunciaram que chove dentro de salas de aula. A situação mais grave, acrescentam, acontece numa sala do primeiro ano, com a água a escorrer pelas paredes e a molhar as instalações elétricas. A denúncia sublinha que os problemas se arrastam há dois anos, mas a Câmara de Valongo assegura que se tratou de uma situação pontual.

"A minha filha queixa-se que vê a água cair do teto e que colocaram um armário para não se ver", referiu ao JN um dos pais, que preferiu manter o anonimato. "Isto arrasta-se há dois anos, no mínimo", acrescentou.

Os alunos já tiveram que ser mudados para a sala de apoio devido à falta de condições e apesar das múltiplas queixas que já foram feitas por parte dos pais, a situação ainda não foi resolvida de forma definitiva. " A minha filha queixa-se que vê a água cair do teto e que colocaram um armário para não se ver", sublinhou um encarregado de educação.

Os pais consideram "vergonhoso" o estado da sala do primeiro ano e querem uma solução.

Ao JN, a Câmara de Valongo refere que o caso na sala do primeiro ano foi uma situação pontual e que a substituição total da tela de cobertura e dos rufos da zona do edifício escolar afetada está prevista para as férias de verão.