Exterminação

Câmara de Valongo abateu 349 ninhos de vespa velutina até ao início do mês

Câmara de Valongo abateu 349 ninhos de vespa velutina até ao início do mês

A Câmara de Valongo exterminou até ao início do mês 349 ninhos de vespa velutina, um número bastante superior aos 135 contabilizados em 2020.

A autarquia dispõe diariamente para este serviço de uma equipa de dois elementos, mas, esporadicamente, pode "aumentar para três, quando é necessário utilizar meios elevatórios", acrescenta a fonte, precisando que, "até agosto, a exterminação era feita com fogo", enquanto "dentro das habitações ou em locais de risco [recorrem] ao inseticida".

No sentido de "dar uma maior capacidade de resposta à exterminação", informou a fonte, o município comprou recentemente "um sistema de injeção química elétrico, controlado desde o solo, vulgarmente designado por 'Cana', constituído por um 'kit' de tubos de carbono/kevlar e alumínio que, pela sua estrutura, composição e peso (muito leve), permite realizar intervenções de ninhos em altura, até um máximo de 30 metros".

"Foi também adquirido um sistema de ar comprimido com projétil de impacto, constituído por um marcador, mira red dot, botija de ar comprimido, carregador e coronha. Serve para intervenções onde não seja possível utilizar a 'Cana', sendo utilizado apenas em complemento do sistema anterior e é vulgarmente designado por 'Arma'", acrescentou.

As aquisições, complementa a informação disponibilizada, tiveram um custo de 3300 euros, mais IVA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG