Exclusivo

Clube de Propaganda da Natação fecha piscina por via da fatura do gás a triplicar

Clube de Propaganda da Natação fecha piscina por via da fatura do gás a triplicar

Clube de Propaganda da Natação encerra piscina em Ermesinde e pede ajuda ao Governo para instalação de energias alternativas. Contas da energia triplicaram desde 2019. Mais de mil utentes em risco. Câmara de Valongo acode com a aquisição de bombas de calor.

O histórico clube de Ermesinde apanhou um valente susto com as faturas de janeiro, fevereiro e março: a conta total de luz e gás foi de 78 434 euros, exatamentre o triplo do período homólogo de 2019, que ascendeu a 60 mil euros e que já na altura e nos meses seguintes também não deixou de suscitar inquietação no CPN. Agora, não lhe restou alternativa que não fosse pedir ajuda ao Governo.

A Câmara de Valongo socorre o clube fundado em 1941, até por que está em causa um serviço público, frequentado por 1300 pessoas, entre as quais, além dos atletas de vários escalões e modalidades, outras centenas de utentes que ali acorrem ao abrigo de protocolos com instituições particulares de solidariedade social ou do Estado, designadamente aulas de hidroginástica para seniores alojados em lares da freguesia e do município. O problema é agravado pelo facto de as piscinas municipais de Ermesinde estarem encerradas, para obras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG