Exclusivo

Décadas à espera por obra "urgente" que desate o "nó" em Ermesinde

Décadas à espera por obra "urgente" que desate o "nó" em Ermesinde

Todos os dias passam por ali 200 comboios, mas a linha até Contumil, no Porto, só tem uma via em cada sentido. IP diz que TGV para o aeroporto prevê duplicação do canal.

"Andam a prever a obra há 20 ou 30 anos" mas, até à data, os comboios continuam a sufocar na estação de Ermesinde, em Valongo. Em causa está a linha férrea que, com uma só via em cada sentido até Contumil, no Porto, obriga a que os 200 comboios que ali convergem todos os dias, vindos da Linha do Douro, do Minho e de Leixões (para transporte de mercadorias), no caso de se encontrarem, tenham de esperar uns pelos outros para seguir viagem. A falta de capacidade naquela que é uma das principais estações ferroviárias do Grande Porto provoca, há décadas, uma série de atrasos nos serviços e prejudica os passageiros.

Melhoria está prevista

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG