Premium

Hospital de Valongo vai ter primeira unidade de diálise pública do país

Hospital de Valongo vai ter primeira unidade de diálise pública do país

As obras começaram no início deste mês e o cascalho espalhado pelas instalações das antigas urgências do Hospital de Valongo, tutelado pelo Centro Hospitalar de S. João, anuncia a criação do novo serviço: a primeira unidade pública de diálise do Serviço Nacional de Saúde. A empreitada, orçada em cerca de 600 mil euros, deve ficar pronta em abril, permitindo receber 28 doentes em simultâneo.

Os tratamentos serão ministrados em três salas distintas, uma com capacidade para acolher 20 pessoas, outra para quatro utentes infetados - com HIV ou hepatites -, e a última para realizar diálise peritonial. Para já, decorrem os trabalhos de preparação do amplo espaço. Quem aguarda uma consulta na sala de espera não advinha a construção por trás da porta que dá acesso às instalações.

"Atualmente, os hospitais têm centros de diálise mas só para os doentes que estão internados. Quando recebem alta, continuam o tratamento em clínicas privadas. Esta unidade é inovadora e vai ser a maior [que existe]", explicou Carlos Dias, responsável pelo polo de Valongo do S. João, acrescentando que haverá um corpo clínico permanentemente afeto ao serviço.