Incêndio

Carro ardeu em Valongo e três bombeiros sofreram queimaduras

Carro ardeu em Valongo e três bombeiros sofreram queimaduras

No combate a um fogo florestal, este domingo, à tarde, em Sobrado, Valongo, três bombeiros sofreram queimaduras e um carro incendiou-se.

Uma jovem de 24 anos e dois homens, de 33 e 42 anos, ficaram feridos. O comandante dos bombeiros de Valongo, Bruno Fonseca, explicou que na altura em que a viatura foi tomada pelas chamas os operacionais estavam fora do carro e que "três conseguiram fugir, mas outros três ficaram para trás".

Foram assistidos no Hospital de São João, no Porto, devido a "ferimentos ligeiros", com queimaduras de primeiro grau. Posteriormente, tiveram alta.

Para explicar este acidente, Bruno Fonseca ressalvou que todos os operacionais são "experientes" e atribuiu ao vento e à morfologia do terreno as possíveis causas. O comandante destacou a "rotação do vento".

O fogo esteve próximo de habitações, mas a pronta ação dos bombeiros, auxiliados por um helicóptero, impediu que tivesse chegado às casas. Só ardeu o pinhal. O alerta surgiu às 16 horas e duas e meia volvidas estava controlado. Cerca das 20 horas, quando Bruno Fonseca falou aos jornalistas, estava a decorrer a fase de rescaldo.

No total foram mobilizados para Paço, em Sobrado, 17 veículos e 50 bombeiros, mais os elementos da Proteção Civil.

Outras Notícias