Exclusivo

Câmara de Vila do Conde embarga megaprojeto à entrada da cidade

Câmara de Vila do Conde embarga megaprojeto à entrada da cidade

Promotor do Belamar Complexo contempla hipermercado, ginásio, hotel, habitações e lojas, arrancou com obra, mas não será dono de todo terreno. Administrador diz que vai averiguar.

Arrancou há menos de um mês e já está parada. A Câmara de Vila do Conde embargou a obra do Belamar Complexo. O megaempreendimento que ia nascer à entrada da cidade, nos terrenos da antiga conserveira Belamar, estava a ser erguido parcialmente em terrenos da autarquia. A Câmara confirma o embargo. A empresa lembra que o Belamar será "dinamizador para o concelho" e "promotor de centenas de postos de trabalho" e, por isso, espera que o embargo possa ser retirado "muito em breve".

"Fomos surpreendidos quando, integrada no projeto, está incluída uma parcela que é do município. Não me restou alternativa senão embargar a obra", explicou, ao JN, o presidente da Câmara, Vítor Costa. O terreno em causa - pouco mais de 400 metros quadrados (m2) - é "domínio privado municipal" e resulta de uma cedência, aquando da construção do empreendimento Cidade Nova e da abertura da Rua António Sérgio, concluídas há mais de 20 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG