Exclusivo

Centenas sem aulas de natação após resultados autárquicos

Centenas sem aulas de natação após resultados autárquicos

Câmara de Vila do Conde suspende contrato com empresa que assegura professores. Há centenas de utentes à espera.

As aulas de natação de centenas de crianças, adultos e idosos nas piscinas municipais de Vila do Conde e de Mindelo estão suspensas. O ano letivo deveria começar a 1 de outubro, mas, a 26 de setembro, Elisa Ferraz perdeu as eleições. Quatro dias depois, os pais receberam um email: o início das aulas ficou adiado para data a definir. O contrato com a empresa que assumia a coordenação técnico-pedagógica foi suspenso. A Câmara está em silêncio.

O concurso público para a prestação de serviços de coordenação técnico-pedagógica e monitorização de aulas de natação, hidroginástica, fisioterapia, desporto sénior e fórum sócio-ocupacional nas piscinas municipais - polo de Vila do Conde e polo de Mindelo foi aberto a 6 de agosto com 30 dias para apresentação de propostas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG