Vila do Conde

Escola dos Correios começa segunda-feira a receber alunos

Escola dos Correios começa segunda-feira a receber alunos

A nova EB1 n.º 1 foi inaugurada este sábado, deixando para trás quase três anos de aulas em contentores. Tem 12 salas para o 1.º ciclo, três do pré-escolar, ginásio, biblioteca, refeitório, polivalente e recreio exterior com campo de jogos e parque infantil.

"Os quatro anos que passei aqui foram muito felizes. Tive uma professora excecional: a D. Amélia Bouça", recorda, sorrindo, Maria Cândida Rocha e Silva. A "menina do banco", que, aos 36 anos foi a primeira corretora oficial da bolsa portuguesa e, hoje, preside ao Banco Carregosa, foi uma das primeiras alunas da Escola dos Correios (EB1 n.º 1), em Vila do Conde.

Este sábado, 71 anos depois, voltou para inaugurar "a obra extraordinária". A velhinha primária - à época escola feminina - é, agora, "uma escola modelar", diz a presidente da Câmara, Elisa Ferraz.

A empreitada demorou a arrancar, a obra atrasou e alunos, professores e funcionários estiveram quase três anos em contentores, num "enorme sacrifício", mas, hoje, frisa a autarca, "que valeu a pena".

A nova EB1 n.º 1 tem 12 salas de 1.º Ciclo, três do pré-escolar, ginásio, biblioteca, refeitório, polivalente e recreio exterior com campo de jogos e parque infantil. Os dois edifícios originais estão, agora, ligados num único bloco. Há corredores amplos, muita luz e os azulejos às cores, que pontuam uma ou outra zona, dão colorido ao espaço.

A empreitada custou 3,2 milhões de euros, dois milhões dos quais do orçamento municipal. Elisa Ferraz justifica: "a educação é a prioridade das prioridades".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG