Santos Populares

Vila do Conde cancela festas de São João

Vila do Conde cancela festas de São João

A Câmara de Vila do Conde decidiu cancelar o S. João e as outras festas no concelho até ao final de junho. A autarquia justifica a decisão com a renovação do estado de emergência nacional e com as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS), face à pandemia do novo coronavírus.

"Constata-se não estarem reunidas as condições para programar a realização de eventos de qualquer natureza, nomeadamente, as festas concelhias de S. João e outras habitualmente levadas a efeito na cidade e nas freguesias do concelho", afirma em comunicado a autarquia liderada pela independente Elisa Ferraz. A medida, acrescenta, "estender-se-á até ao final do mês de junho".

Assim, a Câmara "não emitirá licenças para a realização de eventos que ponham em causa as determinações do Governo, nomeadamente no que diz respeito à concentração de pessoas".

Elisa Ferraz agradece o empenho de todos os que estavam já a trabalhar na preparação das grandes festas do concelho, mas considera que face ao avanço da pandemia, não poderia ser outra a resposta do município.

Em 2019, as festas de São João começaram a 1 de junho e prolongaram-se até ao dia 24. Houve quatro grandes concertos - Toy, Mariza, Miguel Araújo e UHF -, dezenas de iniciativas e, claro, a grande noitada, especialmente animada pelos dois ranchos da cidade: o Monte e a Praça. A noite mais longa do ano, com direito a cortejo luminoso e a fogo-de-artifício no estuário do rio Ave, traz milhares de pessoas a Vila do Conde todos os anos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG