Covid-19

Vila do Conde ganhou centro de vacinação

Vila do Conde ganhou centro de vacinação

A polémica estalou e, menos de uma semana depois, chega o centro de vacinação em Vila do Conde. O centro de saúde de Modivas vai começar, já na terça-feira, a vacinar idosos com mais de 80 anos e doentes crónicos com mais de 50. As freguesias mais a sul do concelho deixarão de estar a 20 quilómetros da vacina.

Desde o dia 4 de fevereiro que a vacinação do Agrupamento de Centros de Saúde Póvoa de Varzim/Vila do Conde (ACES Póvoa/Vila do Conde) estava instalada na antiga escola primária do Cruzeiro, em Aver-o-Mar (Póvoa).

Para quem vive em Vilar do Pinheiro, a vacinação ficava, assim, a 20 quilómetros. O PS apressou-se a protestar: o concelho teria que ter o seu próprio espaço de vacinação e os socialistas prometiam lutar por ele, já que a autarquia não tinha sido capaz de o fazer.

A Câmara, liderada pela independente Elisa Ferraz, disponibilizou-se para ajudar no transporte e acatou a suposta "regra" de um centro de vacinação por ACES, até que, em Esposende, depois dos protestos do PS local, a regra foi "desvirtuada". Elisa Ferraz lamentou os "compadrios" e veio a público exigir "igualdade de tratamento".

Agora, o centro de saúde de Modivas começa a vacinar amanhã.

O PS diz que "valeu a pena levantar o problema" e não se resignar à solução "Aver-o-Mar" e congratula-se com a abertura do primeiro centro de vacinação no concelho.

Para quem vive em Vilar do Pinheiro ou Guilhabreu, a vacinação deixa de ficar a 20 quilómetros para passar a estar a quatro ou cinco.

PUB

O JN tentou, sem sucesso, ouvir a presidente da Câmara de Vila do Conde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG