Homenagem

Coliseu vai fazer um minuto de silêncio por bailarino que morreu em Gaia

Coliseu vai fazer um minuto de silêncio por bailarino que morreu em Gaia

O Coliseu do Porto vai fazer, na noite deste sábado, um minuto de silêncio em memória do jovem bailarino ucraniano que morreu após ter desaparecido no mar de Gaia. O espetáculo da companhia de ballet da qual Ilya Romanskiy fazia parte está agendado para este sábado, pelas 21.30 horas, e ainda há bilhetes disponíveis.

Fonte do Coliseu do Porto explicou ao JN que o minuto de silêncio irá realizar-se, este sábado, antes do início do espetáculo da companhia Royal Russian Ballet. O espetáculo conta já com cerca de mil espectadores, mas ainda há bilhetes disponíveis.

Ilya Romanskiy, de 21 anos, desapareceu na praia de Gaia a 9 de fevereiro e pertencia à companhia de ballet que tinha marcado, para essa noite, o espetáculo "O Lago dos Cisnes", no Coliseu do Porto.

PUB

O grupo de ballet estava alojado numa unidade hoteleira de Gaia junto à praia quando três rapazes e duas raparigas foram até ao areal, tendo dois deles entrado na água. Pouco depois, os piores receios confirmavam-se e os dois rapazes debatiam-se contra a força das ondas. O primeiro socorro partiu de um surfista, que saiu do Bar das Pedras Amarelas e entrou de imediato na água. No entanto, já não conseguiu localizar Ilya.

O corpo do jovem bailarino acabou por ser encontrado sete dias depois, por um popular, não muito longe do local onde ocorreu o acidente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG